Análise Semanal de Renda Fixa
21/12/2018 à 28/12/2018

Semana 23

Comentários da semana

As taxas de juros fecharam marginalmente e encerram o ano nas mínimas. Segue o otimismo com o início do novo governo.

Semana foi de pouca liquidez e poucos fatos relevantes, fato normal para o período festivo de final de ano. Como dia 28/12 foi o último pregão do mês e do ano, podemos afirmar que foi mais um ótimo mês para os ativos de renda fixa.

O destaque do noticiário veio das declarações de Trump contra Power do FED, que foram logo amenizadas por assessores da Casa Branca que disseram que Power está 100% seguro. Outra questão importante é sobre a paralisação do Governo americano que segue indefinida.

Mercado segue de olho nos indicadores que tentam antecipar um possível recessão nos EUA.

A situação na Itália melhorou com a aprovação no Senado do orçamento dentro das exigências da UE.

Principais indicadores para acompanhamento da Renda Fixa

Estruturas a Termo de Taxas de Juros Anbima (Curvas de Juros)

Retorno versus Risco Tesouro Direto

Rentabilidades nominais do Tesouro Direto, Poupança, Ibovespa, Dólar e CDI

Volatilidade (Risco de Mercado) Tesouro Direto, Ibovespa e Dólar