Um ano de Análises Semanais de Renda Fixa!

🎂 1 ano de Análise Semanais de Renda Fixa :: 52 semanas! 🎂

Tudo que você precisa saber para entender os Resumos Semanais de Renda Fixa.

Nesta terça-feira dia 19/07/2019 completam 52 semanas de Análises de Renda Fixa

Parabéns 🎉🎊🎁🎈

1 ano de relatórios de acompanhamento do mercado de Renda Fixa.

Tudo com intuito de contribuir para o melhor entendimento desse mal compreendido instrumento financeiro de investimento.

Para começar as comemorações apresento esse artigo que visa explicar cada uma das telas e itens que considero importantes de serem acompanhadas e entendidas por quem deseja ser um aplicador consciente de Renda Fixa e Tesouro Direto.

Trata-se da demanda de alguns leitores!

Vamos lá!

Principais indicadores para acompanhamento da Renda Fixa

Indicadores de Renda Fixa

1Nível de Taxa atual de duas referências para o Mercado de Renda Fixa: CDI e SELIC e que hoje tem a mesma taxa! Leia o Artigo.

2 – VNA do IPCA: É muito importante acompanhar porque parte do preço do Tesouro IPCA (NTN-Bs) acompanha as projeções e fechamentos da inflação medida pelo IPCA. Variações no VNA impactam nos preços dos Tesouros IPCA! Confira esse Artigo.

3 – VNA do IGPM mesma lógica do VNA IPCA. É importante, pois faz parte do preço dos Tesouro IGPM (NTN-Cs) . Apesar de não ser mais emitido, é bom estar de olho no IGP-M, pois pode ser um bom proxy para o IPCA!

4 – Prefixados: esses são os movimentos das Taxas para as durations de três prazos. Se as taxas caem de uma semana para outra os preços sobem, bom para que está posicionado em prefixado. Se as taxas sobem, ruim para quem está, pois os preços caem, mas, oportunidade para quem deseja entrar. Leia esse artigo aqui do site.

5 – Juros Reais (IPCA): esses são os movimentos das Taxas das NTN-Bs (Tesouro IPCA) para as durations de três prazos. Trata-se da parte prefixada do Tesouro IPCA. Mesma lógica de interpretação do item 4.

6 – Juros americanos de 10 anos: Os juros americanos são referência mundial para o mercado global.

7 – Câmbio: é importante por diversos fatores. Um deles é que tem impacto na inflação e no fluxo de capitais , duas variáveis que o COPOM observa ao fazer política monetária. Historicamente o Dólar tem uma correlação com as Taxas de Juros: se um sobe o outro sobe também e vice e versa.

8 – Bolsas: além de passar sempre no Jornal Nacional (olha a importância! Que dia veremos os juros lá?), o investidor em Renda Fixa também está de olho em outras oportunidades e a Renda variável é uma!

9 – Vix e CDS 5 anos: dois instrumentos muito importantes e acompanhados pelo mercado. Em geral, suas variações refletem as expectativas dos investidores em relação aos riscos financeiros. O VIX está atrelado a Bolsa e o CDS a capacidade de pagamento de títulos de Renda Fixa.

Acho que sobre o VIX e o CDS vale descorrer mais um pouco:

VIX: é um índice que se baseia nos preços das opções do S&P 500 e que mede as expectativas dos agentes para a movimentação das ações nos próximos 30 dias. Também conhecido como o “índice do medo”, o VIX indica momentos de grande nervosismo do mercado.

CDS: credit default swap é um tipo especial de swap, desenhado para transferir o risco de crédito de títulos de renda fixa entre dois ou mais participantes. São derivativos que funcionam como uma espécie de troca de risco de crédito. Um CDS pode ser de empresas ou de países. É um seguro em forma de um contrato de swap que, caso o país especificado no contrato não pague suas obrigações, o emissor do CDS é que fará o pagamento dessas obrigações ao portador deste seguro, o qual comprou títulos públicos daquele país.

Comportamento das Taxas para Renda Fixa - Tesouro Direto.

A tabela acima traz o nível de taxas de ativos do Tesouro para os mais variados prazos.

Forma rápida de visualizar as taxas e seu fechamento ou abertura.

Como também demonstro as rentabilidades em outro quadro, fica fácil de enxergar o quanto aquele movimento representa em rentabilidade do ativo.

Por exemplo, a Tesouro Prefixado (LTN) 2023 em 13/07/2017 apresentava Taxa 10,21% a.a. e em 19/07/2019 6,36%, um fechamento de 421 ptb. Essa queda na taxa representou uma rentabilidade bruta de 37,59% (265,08% do CDI). A bolsa estava 65.178 e bateu 103.425 em 19/07/19, ou seja, um rendimento de 58,72% (414,12% do CDI) no período.

A grande dificuldade da Renda Fixa é essa: enxergar na variação da taxa, o ganho no preço.

No caso da Bolsa e Dólar por exemplo, é só olhar diretamente nos preços!

Estruturas a Termo de Taxas de Juros Anbima (Curvas de Juros)

Leia esse artigo sobre a importância das curvas: Curvas de Juros: todo investidor deveria entender e acompanhar!

Gráfico de Retorno versus Risco Renda Fixa - Tesouro Direto

Como bem sabemos, os Ativos de Renda Fixa só garantem os rendimentos da Taxa de compra, caso sejam levados até o vencimento. Assim como na vida, onde os casamentos podem acabar antes da morte, na Renda Fixa sempre devemos considerar as saídas intermediárias (vendas) dos ativos antes do vencimento, seja por necessidade ou oportunidade.

Sob essa ótica da possibilidade de venda antecipada, podemos afirmar que a Renda Fixa não é Fixa, ou ainda, a Renda é Fixa, mas balança.

Se balança tem risco, então não dá para olhar só os rendimentos apurados no período, deve -se observar também o risco. No caso dos ativos finaceiros utiliza-se muito a volatilidade.

Esse gráfico mostra isso: a Relação entre o Retorno e a Volatilidade do período dos últimos 21 dias úteis.

Leia este artigo que escrevi.

Rendimentos da Renda Fixa nominais brutos do Tesouro Direto, Poupança, Ibovespa, Dólar e CDI

As Rentabilidade brutas nominais e em %CDI.

No caso dos ativos do Tesouro Direto, é preço base contra preço base, logo, não considera o spread cobrado pelo Tesouro Nacional que é considerável, infelizmente.

No caso dos papéis que receberam Juros Semestrais no período de apuração, faço a reaplicação do recurso no próprio ativo do Tesouro Direto.

Gostaria de destacar nessas duas telas, o acumulado de cada ativo desde a emissão (última coluna).

Volatilidade da Renda Fixa (Risco de Mercado) Tesouro Direto, Ibovespa e Dólar

Sim! A Renda Fixa tem Volatilidade, se você não estabelece um matrimônio eterno com o ativo!

Aqui é só um destaque para Volatilidade.

Na verdade, essa informação já está disponível no gráfico de Retorno e Risco apresentado anteriormente no eixo X.

Características do Tesouro Direto: Taxa de Compra, Preço de Compra, Duration(Duração), Duração Modificada, DV01 e Volatilidade(Desvio padrão últimos 21 úteis)

MUITO IMPORTANTE!

Para finalizar a tela que acho mais importante para quem irá efetuar uma compra no Tesouro Direto.

Então vamos lá!

1 – Duration (Duração)

“A Duration ou Duração (DUR) representa a média do prazo a decorrer até o vencimento de um título, ponderada pelo valor presente de cada fluxo de caixa individual (cupons de juros) ao longo da vida do ativo.”

Duration é diferente de Vencimento nos papéis com fluxo intermediário. Exemplo: NTN-F ou Tesouro Prefixado com Juros Semestrais.

Nos títulos Zero Cupom ou Bullet (sem juros intermediário) . Duration = Vencimento. Exemplo: LTN ou Tesouro Prefixado.

Nossos títulos são expressos em dias úteis (ano 252).

2- Modified Duration (Duração Modificada)

“A DM mensura a sensibilidade do ativo de Renda Fixa dada a mudança na taxa de Juros (ou TIR) desse título”.

DM = Duration ano/ (1+ Taxa Atual(%))

Duration ano é simplesmente a Duration em dias úteis que encontramos dividido por 252 (no Brasil trabalhamos com dias úteis).

Para acharmos a variação percentual no Preço direto basta multiplicar Duração Modificada pelo negativo da Variação da Taxa em percentual.

%Preço = DM x (-)Variação Taxa

3 – DV1 (Dollar Duration)

“Dólar Duration estima o impacto no preço do título, em unidades monetárias , pela variação na taxa de juros.”

DV1 = DM * (-)Variação Taxa * Preço de Compra

ou

Dollar Duration = (DUR x (-)Variação Taxa / (1+ Taxa Atual(%)) x Preço

O DV1 mostra a variação em  financeiro!

4 – Vol 21 d.u

Essa volatilidade anualizada é calculada pelo desvio Padrão amostral das rentabilidades diárias dos últimos 21 dias úteis anualizado (* Raiz 252).

Leia este artigo.

5 – Rentabilidades.

Aqui somente os rendimentos acumulados para vários períodos em dias úteis.

A excelência é uma utopia, sempre há algo a melhorar!

Deixe suas críticas, correções, sugestões, dúvidas e também elogios! 

Vá ao final da página e deixe seu comentário!

Forte abraço

Jefferson Figueiredo – CGA

Receba nossos Artigos assim que forem produzidos!

Preencha abaixo:

Sou Gestor de ativos de Renda Fixa há 10 anos. O objetivo do Renda Fixa Prática é ajudar na compreensão sobre ativos de Renda Fixa, dando ênfase nos Títulos Públicos Federais.